• Para visualizar este banner seu navegador deve ter suporte a JavaScript e Flash 9+!
  • In order to view this banner you need JavaScript and Flash Player 9+ support!
 
A FOZ | SANEATINS
SUSTENTABILIDADE
TECNOLOGIA
RELATÓRIOS
NOTÍCIAS
RELAÇÃO COM INVESTIDORES
TARIFA SOCIAL
LINKS
TRABALHE CONOSCO
FALE CONOSCO
 
 
 
Home > Informativos > LUTO - Morre ex-presidente da Saneatins
        LUTO - Morre ex-presidente da Saneatins
Wanderley Lima

Hoje todos nós, família Saneatins e comunidade tocantinense choramos a perda de um grande homem. É unânime o sentimento de pesar que se abate sobre nós. Partiu para um plano maior e lamentamos profundamente porque para nós é uma perda irreparável; estamos nos referindo a um homem honrado que partiu mas antes cumpriu com sabedoria e retidão de caráter sua missão aqui na terra: trabalhador, comprometido, ético, leal, amigo autêntico e fiel, Dr. Dorival Roriz Guedes Coelho foi embora deixando para nós uma lição de vida, como podemos observar pelo histórico de sua vida tão bem narrado pela SECOM.

*Perfil:

Dorival Roriz Guedes Coelho é formado em Economia pela Universidade Católica de Goiás. Tem especialização em Master Business Administration e em Gestão Empresarial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Chegou ao Tocantins em 1984, antes da criação do Estado do Tocantins e sempre esteve à frente de projetos que resultaram no desenvolvimento do Estado, notadamente na construção civil. Como um dos principais executivos da Emsa - Empresa de Sul Americana de Montagens S/A, foi o responsável pela construção do primeiro prédio público definitivo de Palmas, a Secretaria da Infra-Estrutura, inaugurada em 20 de maio de 1990, além de outras obras de destaque, como a Assembléia Legislativa e a ponte da Amizade e da Integração Fernando Henrique Cardoso, um complexo aquaviário de 8 km, construído sobre o lago formado pela Usina Hidrelétrica Lajeado. Sua assinatura também está na execução de diversas rodovias e pontes, todas de grande importância para a integração regional, além da pavimentação urbana em Palmas e do asfalto que liga Porto Nacional e Miracema à capital.

Em 1999, com a privatização da Saneatins - Companhia de Saneamento do Tocantins, Dorival Roriz Guedes Coelho assumiu a diretoria de Administração e Finanças. Em março de 2001 passou à Presidência da empresa, cargo no qual permaneceu até dezembro de 2004. Neste período foi implantada Estação de Tratamento de Água - Eta 6, que garante água tratada à cerca de 80% da população de Palmas. Também foi o responsável pela implantação das Estações de Tratamento de Esgoto do Brejo Cumprido, Prata, Vila União e Aureny, além de outras no interior do Estado. Todas essas obras fizeram a Saneatins conquistar a certificação ISO 9002:84 no sistema de tratamento de água no município de Palmas, atualmente na versão ISO 9001:2000. Transformou a Saneatins em uma das empresas mais modernas do Tocantins, tornando-a referência regional no uso de tecnologias de ponta, tanto na área de produção e atendimento ao cliente, como de gestão de pessoal.

Paralelo às atividades da Saneatins, Dorival Roriz Guedes Coelho presidiu, de 2002 a 2004, a Orla Participações S/A, empresa criada para reorganizar e tornar mais ágil o processo de urbanização de Capital, cuidando em especial da ocupação e uso do solo nas áreas às margens do Lago de Palmas. À frente da Orla S/A viabilizou obras de infra-estrutura, como rede distribuição de água (54 mil metros), esgoto sanitário (27 mil metros), energia elétrica (79 mil metros) e drenagem pluvial (15 mil metros), além de pavimentação asfáltica (308 mil metros quadrados) e meio fio (70 mil metros) de quadras residenciais da Capital, a exemplo das ARSOs 22 e 54, ARSEs 121, 141 e 142, ORLA 14, primeira e segunda etapas, ARNOs 13 e 23, em, ainda, NS 15, Taquari, ACSU-NO 40 e 50, ASCU-NE 50, 1.007 Sul e ASR-NE 55. Também foi na sua gestão que a Orla S/A, em parceria com a prefeitura, implantou as praias do Prata e das ARNOs. Na primeira, foi responsável pelas obras de energia elétrica e esgoto sanitário e, na segunda, por todo a infra-estrutura.

No início de 2005, Dorival Roriz Guedes Coelho assumiu a Secretaria Estadual da Fazenda com o desafio de aumentar a receita e melhorar as relações com os contribuintes e servidores da pasta. Por ser um homem de diálogo, logo abriu as portas da Secretaria, passou a freqüentar reuniões com os contribuintes diretamente nos municípios e buscou formas de satisfazer as necessidades dos servidores.

Os postos fiscais estão sendo informatizados e interligados a outros estados, com destaque para o projeto Nota Fiscal Eletrônica, pelo qual a Nota Fiscal emitida na origem da mercadoria é eletrônica e já traz todo o percurso da mercadoria até o seu destino. O Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios (Siafem) é um dos mais moderno do País, o que diminui possíveis erros nas declarações das informações fiscais.

Se por um lado Dorival Roriz Guedes moderniza a máquina arrecadadora, por outro cuida da política fiscal, oferecendo mecanismos que satisfazem os contribuintes. As leis de incentivos fiscais e atração de investidores estão entre as mais competitivas do País. Em 2005 e 2006, foram concedidos benefícios no valor de, aproximadamente, R$ 223 milhões visando à industrialização do Estado.

O empenho de Dorival Roriz Guedes Coelho frente à Sefaz é visto nos números. O resultado positivo do crescimento da economia estadual, aliado ao esforço da máquina fiscal, tem sido motivos da elevação da receita do ICMS do Estado, que nos últimos três anos, aumentou 29% (nominal) e 11% (real).

Atualmente Dorival Roriz Guedes Coelho era também presidente da Agência de Fomento do Estado do Tocantins, que tem o objetivo de incrementar o desenvolvimento sócio-econômico do Estado, financiando projetos de geração de emprego e renda. Estava no cargo desde junho de 2005, quando assumiu o compromisso de colocar a Fomento em funcionamento. Hoje, a Agência é uma realidade, tendo concedido aproximadamente R$ 2,4 milhões em créditos a pequenos empreendedores tocantinenses.

Dorival Roriz Guedes Coelho é natural de Goiânia, filho de Joaquim Guedes de Amorim Coelho e Mirna Roriz Coelho. É casado com Maiza Lessa Roriz Coelho e pai Renata e André.

*Fonte: Secom

 
 voltar